5 Dicas de conteúdo digital para a sua IES

Nos últimos anos, houve um aumento na necessidade de inúmeras empresas, incluindo Instituições de Ensino, marcarem presença no meio digital. Em 2020, devido à pandemia do Covid-19, isso intensificou. Mas, em relação à educação, como inovar no conteúdo digital para captar e manter alunos?

Um conteúdo relevante é essencial para manter alunos interessados e, consequentemente, matriculados em suas respectivas Instituições. É através deste conteúdo que pode haver contato, interação e informação que alimente a relação IES – Aluno. Sabemos que em tempos de quarentena essa “troca” ficou abalada. Portanto, um planejamento digital torna-se necessário.

Pensando nisso, listamos dicas importantes para que você implemente em suas redes sociais, a fim de produzir um conteúdo que atraia cada vez mais o seu público. São elas:

1) Conte histórias de sucesso

Elaborar um conteúdo baseado em histórias de alunos, ex-alunos ou até colaboradores, pode trazer um ótimo retorno para suas redes sociais. Essa estratégia leva à valorização do ambiente de ensino e traz um engajamento maior, pois as pessoas se veem representadas neste tipo de abordagem.

Este é o recurso do Storytelling, que é muito difundido em diversos segmentos do marketing. Inclusive, falamos dele recentemente em outro artigo, acesse aqui.

2) Invista em Conteúdo Gratuito de Qualidade

Algo que, em tempos de quarentena está sendo profundamente cobrado, é a valorização da empatia. É de conhecimento geral que as oportunidades de estudo não são realmente democratizadas de forma ideal. E em 2020 essa diferença alcançou níveis bem maiores que o usual.

Muitos alunos não conseguem se preparar para as provas, ou então, até mesmo para o exame nacional mais importante: o ENEM. E isso devido a inúmeros motivos como falta de estrutura em casa, falta de uma internet adequada, ausência de material gratuito com conteúdo relevante etc. É importante também frisar que conteúdo gratuito gera valor e autoridade para a marca, além de construir uma base de dados para se trabalhar.

Portanto, é importante privarmos por uma democratização do ensino de forma mais abrangente. Invista em videoaulas, e-books e diversos outros materiais que possam ser acessados gratuitamente. Isso demonstra preocupação com a educação de todos e leva a sua IES a um crescimento orgânico nas redes sociais.

3) Faça listas

Nas redes sociais, prezamos por um conteúdo rápido e dinâmico. Portanto, buscar enumerar certos assuntos em tópicos específicos pode trazer bons resultados. Um exemplo disso é justamente este artigo. Ao especificarmos um número exato de dicas que prometemos mostrar, provocamos o seguidor a buscar a leitura (e é o que você, leitor, está fazendo).

Isso pode ser aplicado tanto em blog quanto diretamente na rede social. Importante lembrar também que distribuir as informações do seu conteúdo de forma que facilite a leitura do público, é essencial.

4) Faça LIVES

A quarentena fez com que elas se popularizassem cada vez mais. Hoje, as lives se tornaram um recurso eficiente para propagar conteúdo. Convoque profissionais e aborde assuntos pertinentes que possam despertar o interesse do seu público. Alguns recursos do próprio Instagram, por exemplo, permitem envio de convites ao vivo, o que pode gerar maior participação de quem está assistindo. Levante discussões, gere debates!

5) Não perca o Timing

Para gerar um engajamento maior nas redes da sua Faculdade, não esqueça de produzir um conteúdo que associe ao timing perfeito. Para isso, esteja alerta a reportagens, notícias, memes, datas comemorativas etc. No meio digital, isso é valorizado e pode levar a discussões que aumentam o engajamento.

Além de todo conteúdo em suas redes sociais, invista também em uma eficiente secretaria virtual. Assim, tudo o que o aluno precisar, como pagamento de mensalidade ou até organização de atividades acadêmicas, estará ao alcance de um clique. Descomplique!

O segredo do Marketing de Conteúdo é criar um material relevante que engaje o seu público de forma orgânica. Se coloque no lugar dele e faça um autoquestionamento: “eu gostaria de receber essa informação?”. Se a resposta for positiva, então comece os trabalhos!

Nós da Conteúdo EDU, realizamos uma pesquisa com estudantes do Centro-Oeste e obtivemos resultados extremamente relevantes para quem está criando conteúdo voltado ao Marketing Educacional. Para acessar todas nossas conclusões, acesse aqui.


Deixe um Comentário

Your email is safe with us.