Usando o Storytelling na Educação

Contar histórias é inerente aos seres humanos. Nós consumimos, compramos e criamos elas o tempo todo. Isso é o Storytelling, e ele é uma técnica que pode ser aplicado também na Educação.

O QUE É O STORYTELLING?

O Storytelling é a capacidade de transmitir conteúdo por meio de um enredo elaborado e de narrativa envolvente. Diversas empresas adotam esta técnica a fim de criar uma afeição maior por parte de seu público. Ela pode ser aplicada em roteiros comerciais, cinematográficos, textuais e sonoros. São literalmente histórias contadas afim de levar o público por uma “jornada de conhecimento”.

COMO O STORYTELLING ATINGE O PÚBLICO?

Através de boas histórias acontece a identificação. Assim, é comum que, ao assistirmos a um filme, por exemplo, passemos a torcer pelo protagonista. Pois de alguma forma, nos vimos representados seja na aparência, nas atitudes ou pela sua trajetória. Se ocorre essa “ligação”, podemos acabar guardando na memória todas essas informações.

Podemos utilizar o storytelling apoiado na cultura do entretenimento e/ou na empatia.  Seja criando personagens que representem sua marca, ou levantando depoimentos sobre seu “produto”. Lembrando que: essa técnica não necessariamente precisa ser sempre uma narrativa tradicional (começo – meio – fim).

O Storytelling é muito utilizado também para o Marketing de Vendas.

COMO UTILIZAR ESTA TÉCNICA NO MARKETING EDUCACIONAL?

A prática do storytelling é eficiente para criar conexão e atrair (e manter) a atenção dos estudantes. Ela possui o poder de humanizar sua instituição. Investir em uma comunicação interna e externa de qualidade é algo essencial. Conteúdos que tragam o engajamento correto são o caminho.

O problema é que muitas dessas instituições, na prática, se esquecem de usar este mecanismo e caem na situação do imediatismo, competição obsessiva e escassez de tempo. Isso leva a uma relação com o mercado que pode acabar como direta, fria e racional, e que talvez ainda não surta efeito para seu público e muito menos para os objetivos esperados.

Portanto, para revertermos este comportamento, podemos falar sobre:

  • a história de superação de um aluno;
  • a conquista de um professor;
  • a origem do nome da instituição;
  • o engajamento dos estudantes em atividades dentro e fora do local de ensino, etc.

Mas isso não é restrito apenas para alunos e professores. Para que possamos conseguir atingir o maior número de pessoas possível, é recomendável também que essas estratégias possam se expandir a pais de estudantes, ex-alunos, funcionários e a comunidade como um todo.


Comment (1)

Como aplicar o Marketing Humanizado - Conteúdo Edu - Marketing Educacional
novembro 19, 2020

[…] dicas mais aprofundadas de como aplicar certos recursos para sua empresa, leia nosso texto sobre Storytelling e como inserir o TikTok em seu […]


Deixe um Comentário

You must be logged in to post a comment.